sábado, 20 de setembro de 2008

Nome proprio!!!

Um dia antes de vir ao Japão, fui ao cinema e assisti a um filme que me apaixonei, adorei conhecer Camila !!! Sei que as coisas nao acontecem por acaso na nossa vida, e assistir aquele filme justamente naquele dia nao seria algo por acaso. Nao sei se ele ainda esta em cartaz, mas se  estiver aconselho a todos irem imediatamente ao cinema assisti-lo. E um filme do Murilo Salles, baseado nas obras da escritora Clarah Averbuck, com a Leandra Leal. Ele ganhou como melhor filme julgado pelo júri oficial no festival de Gramado, juntamente com o kikito de melhor atriz para Leandra Leal, que me encantou com a sua atuacao! belíssima!
Queria postar uns vídeos feitos, acho que, para a divulgação do video, nao sei, mas sao vídeos que falam muito de mim, de todos, de nos......
video video video

Cervejas japonesas!


Uma das minha principais preocupacoes logo que cheguei ao Japao foi saber sobre uma das minhas paixoes. Me surpreendi pela quantidade de marcas e tipos de cervejas que ha no Japao. Ha cervejas realmente muito gostosas aqui, porem ainda prefiro as brasileiras somente pelo fato de uma bela Skol no Brasil estar sempre acompanhada de bons amigos, rs. Mas, uma principal diferenca das cervejas brasileiras e a graduacao alcoolica, as taxas sao bem mais altas que as brasileiras, geralmente passam de 5%. Me parece haver duas grandes marcas que disputam o mercado japones, a Asahi e a Kirin. Essas duas marcas possuem uma imensa quantidade diferente de cervejas.

As cervejas por aqui podem ser dividas em tres categorias. As primeiras sao chamadas de 'happoshu', elas sao cervejas baratas porque possuem baixo teor de malte, mas sao muito populares por aqui. Uma segunda opcao, ja um pouco mais caras, sao as cervejas que possuem um teor um pouco maior de malte, mas geralmente e uma mistura de malte e proteinas da soja,ervilha ou milho. Mas, ha um grupo de cervejas realmente muito deliciosas, e logicamente sao bem mais caras. Geralmente sao misturas de happoshu com cevada ou trigo. Essas cervejas lembram bastante as cervejas brasileiras, porem sao bem mais emcorpada.

1 grupo   Goku-nama (Kirin)-Hokkaido Nama-shibori (Sapporo)-Diet-nama (suntory)-Zeitaku Biyori (Asahi)- Tanrei nama (kirin)- Style free (Asahi)-Zero-nama (Suntory), etc.

2 grupo  Draft one (Sapporo)- nodogoshi-nama (Kirin)- Shin-nama 3 (Asahi)- Guninama (Asahi)- Slims (Sapporo)- Jokki-nama (suntory)

3 grupo super blue( Suntory)- Ryoshitsu Sozai( kirin)- Sparkling hop (kirin)- Gokuuma (Asahi)- Ajiwai (Asahi)- Clear Asahi (Asahi)- W-Dry (sapporo)- kinmugi (suntory)

Se vc vier ao Japao e facil pedir uma cerveja, diga:

BIRU WO KUDASAI. (cerveja em japones e biru). Boa sorte!!!!




quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Os ordinários e os extraordinários!

Tenho conhecido muitas pessoas diferentes, ja trabalhei com filipinos, peruanos,argentinos,paraguaios,colombianos, chineses,indonesianos. Hoje trabalho com iranianos, pasquitaneses, myanmares,cambojanos.... O bom foi obeservar todos esses seres, e bom saber que todos somos seres-humanos, nossas aparencias sao diferentes, nossas culturas, nossas linguas, mas por dentro temos os mesmos sentimentos. Sentimos da mesma forma, nossas alegrias e nossas dores sao iguais.
 Somos uma diversidade imensa de universos particulares se cruzando e se fundindo e se tornando apenas um. Nao e incrivel com tanta particularidades mantermos uma ordem que gira apenas um mundo?
Quando o ser-humano nao se conhece, nunca podera conhecer o outro, dai surge as colisoes humanas, a intolerancia, e o apice da estupidez, quando se julga o proximo, se julga a si mesmo, quando se ama o outro, se ama a si mesmo. Esta e uma grande licao que tenho aprendido dia-a-dia por aqui.Porem, o exercicio de se auto conhecer e duro, como dizia aquela pessoa especial...
''Aqueles que nao se transformam, que nao procuram se conhecer e amadurecer, que nao sonham com algo mais para suas vidas, esses nao reclamam da dor. Mas sofrem, sim, os que buscam viver de modo autentico, os que querem conhecer a verdade de si mesmos''.
Tenho visto que as pessoas nao querem descobrir esta verdade, sao poucos os que decidem encarar este exercicio da alma, que deve ser constante, ate ao ultimo minuto em que ha vida. É, pensar e  sentir incomoda. ''Mas a vida pode ser belissima para quem tem alguma sensibilidade mais profunda e a observa com atencao".
Hoje as coisas sao velozes, nao se ha tempo, calma pra existir, temos a obrigacao constante de termos as coisas. Termos carros, termos computadores,termos um adjetivo que seja maior que o nosso nome. Vivemos na era dos egos, como temos lutado por ele!!!! cada um no seu quadrado, e nao pise no meu!!!! 

Como amo a arte, ela esta sempre ali, nos mostrando, nos ensinando sutilmente, sem pretensao alguma, tornando sempre as tragedias e as alegrias em algo que nos une, algo em que nos enxergamos....Queria deixar hoje um trecho das falas de Nina. (Nina e um filme brasileiro de 2004, do genero drama, dirigido por Heitor Dhalia).

"Os individuos se dividem em duas categorias: os ordinarios e os extraordinarios.
Os ordinarios sao pessoas corretas, que vivem na obediência e gostam de ser obedientes.
Ja os extraordinarios sao os que criam alguma coisa nova, todos os que infringem a velha lei, os destruidores....
Os primeiros conservam o mundo como ele é, os outros movem o mundo para um objetivo, mesmo que para isso precisem cometer um crime"

Vale a pena assisitir, pra quem quiser aqui esta o trailer.(so clicar no play,rs)




video

Brazilian Day!!!!


Nos dias 6 e 7 de setembro, rolou aqui no Japao o Brazilian Day 2008. Aconteceu na capital japonesa, em um parque muito legal chamado Yoyogi, que fica em um bairro super interessante de Tokio 'Harajuku', quem vier ao Japao nao pode deixar de visita-lo. Esse bairro e conhecido pelos seus frequentadores, pois por grande parte dele é possivel encontrar pessoas, pricipalmente meninas vestidas de pernagens de manga. Sabe aqueles japas loucos que vemos na televisao, com roupas estranhas e cabelos coloridos, em harajuku voce encontrara varios desses personagens. Outro dia comento mais sobre harajuku quando falar dos bairros de Tokio.
Voltando ao Brazilian day, no dia 6, rolou a apresentacao do Olodum, que pena que nao pude ir neste primeiro dia. Mas, no domingo....era tanta felicidade, rs!!! Domingo de manha estavamos todos nos as 9 em ponto na estacao de trem, chegamos la por volta do meio dia, comemos belos aperitivos brasileiros e logico com um calor infernal, bebemos boas latas de skol!!!! uhuhu
Todos muitos anciosos pelo grande e esperado show do Jorge Ben Jor. Antes do show comecar o espirito cineasta baixou em mim, e sai entrevistando pessoas. Havia pessoas de varios paises, conversei com australianos, peruanos, franceses, e uma imensa quantidade de japoneses, isso me deixou impressionada, e muitos gostavam bastante do Brasil, alguns ate se arriscavam a falar algumas palavras em portugues. Durante o show houve um certo grupo que se uniu ao nosso. Era um grupo de duas japonesas e um americano, pareciam brasileiros, totalmente malucos, apos o show trocamos telefones e e-mails, pois iremos visita-los em outras baladas em Tokio. Os tres muito simpaticos!!!!
Houve tambem a participacao do Serginho Groisman e do Andre Marques, que conversaram um pouco com o publico antes do show comecar.
As 4 horas da tarde meu espirito estava voando, o show comecou e eu nao me cabia em mim. No meio do show, comecou a chover, que delicia...Ouvindo Jorge cantar 'Chove chuva' e aquela deliciosa chuva caindo sobre nos, para quem pensou que isso iria desanimar as pessoas, pelo ao contario, todos continuaram ali pulando sobre aquela agua que caia do ceu. Havia uma certa area vip na frente do palco, que era divida por uma grade, em estado normal de consciencia nunca faria o que fiz, pulei a grade e fui me enfiando entre as pessoas e consegui ficar na frente do palco, apenas alguns metros de distancia do Jorge.
O show foi maravilhoso, aquele dia foi todo maravilhoso, a viagem, as pessoas com quem fui, as pessoas que conheci la, estar em Tokio,o show. Porem, num certo momento do show houve um grande silencio dentro de mim, era a saudade....mesmo feliz e cercada de milhares de pessoas queria dividir aquele momento de alegria apenas com uma pessoa, sei que ela estava ali do meu lado, nao fisicamente, mas de outras maneiras....
Voltamos pra casa, e a realidade tbm, rs. No outro dia tinhamos que trabalhar! mas, acredito que todos muito contentes! raros momentos de intensidade para nos!



Marcelo Camelo e Malu Magalhes!!!


Como minha vida nao existiria sem musica, queria postar aqui sobre o novo cd do Marcelo Camelo, e lindo!!! e tem uma musica muito especial, que ele divide com a doce Malu Magalhes de apenas 16 anos. A musica se chama 'janta' . Da pra baixar algumas musicas do novo cd dele no site:  http://callback.terra.com.br/marcelocamelo  
Esta musica tem sido minha inspiracao desde de quando cheguei por aqui, ela diz muito sobre minha vida nesse momento. Vou deixar a letra aqui, e quem quiser ouvi-la entra no site e baixe a musica.

Eu quis te conhecer mas tenho que aceitar
cabera ao nosso amor o eterno ou o nao da
poder ser cruel a eternidade
eu ando em frente por sentir vontade

eu quis te convercer mas chega insistir
cabera ao nosso amor por o que ha de vir
pode ser a eternidade ma
caminho em frente pra sentir saudade

paper clips and crayons in my bed
everybody thinks that i'm sad
i take my ride in melodies and bees and birds
will hear my words
will be both us and you and them together
i can forget about myself trying to be everybody else
i feel allright that we can go away
and please my day
i'll let you stay with me if you surrender


video

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Yoroshiku Onegaishimasu!!!!!

Ola, depois de muito enrolar vou comecar a escrever!!!!
Vou postar neste blog algumas coisas minhas, principalmente minhas impressoes sobre como ser uma dekassegui na terra do sol nascente!
No dia 30 de julho, as 10:55 da noite estava eu decolando pela terceira vez para o Japao. Porem, desta vez, parecia a primeira.
Minha passagem pelo Brasil por 5 meses foi realmente muito dura. Era um periodo de transicao, a faxina foi geral!!! Faculdade, casa, amigos, ate o amor da minha vida! Naquela noite horrivel estava um trapo, nimguem faz a ideia de como estava triste.

Hj, nesssa primeira postagem (e provavelmente em muitas outras) vou citar varias vezes palavras de uma pessoa especial, suas doces e raras palavras sempre sao algo que iluminam os dias escuros.
Atualmente me resumiria uma pessoa decepcionada. Primeiro, com a merda do nosso pais, '' Brasil miserável, filho da exploração, uma nação de escravos, muito duro ganhar o sustento''. Somos milhares que saem da pátria com a mala cheia de sonhos, procurando melhorar suas vidas. Somos em torno de 300 mil brasileiros no Japão, grande parte sei que nao pretende mais retornar, as vezes por opcao, pois alguns se adaptam muito bem a cultura japonesa, alguns por falta de opcao mesmo, mas pra mim o pior sao aqueles que permanecem aqui por comodismo. Quando se pensa em trabalhar aqui, o que se pensa logo e juntar uma boa grana e retornar. Mas, como na minha opinião o homem cada vez mais se vende por tao pouco, as tentações tecnológicas e o estilo de vida impõe problemas para economizar.
Uma outra desculpa e a violência no Brasil, muitos brasileiros so acompanham o que acontece no Brasil pelos telejornais globais, ai já viu neh!! Sei que realmente esta e uma questão complicada, pois ate eu mesma fui assaltada a mao armada, mas, enfim, esta e uma questão bem mais complexa da sociedade brasileira, abrange muito mais do que apenas a violência em si. E fácil sair do pais e nao possuir responsabilidade social alguma. Mas, e muito bom andar pelas ruas a qualquer hora do dia, nao ter medo de sair com seu super carro novo, morar numa bela casa (maior parte das casas aqui nao possui portões) e nao ter medo de ser assaltado ou sequestrado por isso.
Enfim, poderia ficar escrevendo muito mais, entretanto neste primeiro momento nao vou me alongar, aos poucos vou escrevendo um pouco mais do que penso sobre nos, os dekasseguis.


Como disse acima, atualmente sou uma pessoa decepcionada, minha segunda decepção e com a dita ' intelectualidade 'brasileira' . Quando entrei par a faculdade de filosofia na Unicamp esperava encontrar seres que poderiam parecer mais familiares, talvez com certo algo mais. Meu Deus!!!! que decepção....rs. Quanta pedancia num mesmo espaço, quando a gente acha que conhecimento melhora as pessoas, a gente quebra a cara.
Sobre esse assunto também nao me alongarei, mas com certeza tenho muito a dizer o que penso sobre isso.


Minha terceira decepção e com os homens, rs....Quando a gente acha que encontra uma exceção dentro da regra machista a decepção e ainda maior. Porem, sei que existem homens maravilhosos, sao poucos, raros....Mas, aqueles que estão por ai sao maravilhosos!!!! Este assunto também vou aborda-lo muitas outras vezes.

Bom, sou nova nesse lance de blog, nao sei se as pessoas lêem, e nem sei se sera interessante o que vou escrever para as pessoas lerem, porem esse sera um exercício para mim. Sera muito bom compartilhar o que penso nas minhas longas noites trabalhando e conversando comigo mesmo.
Provavelmente so atualizarei nos fins de semana, pois durante a semana quando chego em casa so procuro a minha cama. Peco desculpas pelos prováveis e muitos erros de português!!!!

Quando conhecemos pessoas, ou nos apresentamos podemos dizer:
YOROSHIKU ONEGAISHIMASU!!!